20 de jan de 2013

The sky


Sinto-me pequeno
Dentro de tamanha imensidão
Sinto-me inútil
Dentro de tamanha utilidade

Queria ser diferente:
É certo que seria impossível sentir o mesmo
Ter os mesmos medos
E a mesma insignificância.

Conto as estrelas e chego a mil
Mil milhões centenas de milhares
Mil vezes bilhões centenas de trilhares
Anos luz através de mim.

Queria tocar o céu, somente.
Tocar uma estrela, tão quente.
Chegar perto do sol e me bronzear rapidamente
Ir até plutão e sentir frio eternamente
Queria ser diferente.

Ainda quero?

Nenhum comentário:

Postar um comentário