22 de jan de 2013

Diálogo F


Querido, eu sei que eu deveria voltar.
Mas não consigo, essa é a verdade.
Queria poder sonhar e saber que você virá atrás, mas eu não te quero mais comigo. Não agora, não assim.
Eu te amei tanto e você nunca disse o mesmo. Eu esperei tanto de você e acho que no final, a culpa não é sua, é minha.
Não, não faz assim. Não sorri pra mim.
Diz que vai ficar tudo bem, meu amor. Porque eu sei que vai comigo!
Seu sorriso é lindo, para por favor.
Ok. Ok. Ok.
Não diz que eu sou linda, eu não sou. É você!
Você é o cara mais especial que eu já quis amar. Eu deveria te amar.
Me desculpa não conseguir, vai.
É sério, não estou mentindo.
Se eu pudesse escolher alguém pra ficar pra sempre, seria você com esse sorriso lindo que me faz querer te abraçar.
Não quero mais viver essa sequência infinita, esse repeteco de brigas e desilusões.
Nós vivemos tão bem enquanto deu, que agora não quero destruir essas lembranças.
Eu vou te destruir e no final vou acabar sendo destruída também.
Volte a sonhar por si, volte a ser feliz.
Por favor, por mim.
Realize um último desejo meu: Não sofra mais por alguém como eu.
É que assim, você é tão lindo pra mim, eu te amei tanto.. Não entendo como tudo acabou. Não quero aceitar, mas foi.
Você já deveria ter ido.
Nunca mais vou te incomodar, juro. Mas, promete pra mim que vai sonhar por mim, promete que vai realizar todos os seus novos sonhos e que vai se casar.
Tem que se casar, mas com alguém que te queira tão bem quanto o possível: Assim, sempre haverão duas pessoas torcendo por você. Eu e ela.
Um dia, quando você se lembrar de tudo isso, lembre-se com carinho, tá?
Porque com carinho irei me lembrar de você. Irei sonhar com você. Irei tentar te amar.
Não, não vou virar tua amiga, porque é impossível isso: Nós nunca mais viveríamos, nunca.
Promete logo pra mim, por favor.
Prometeu?
Jure agora.
Tá, não precisa rir de mim.
Jure com os dedinhos.
Agora eu acredito em você.
Te desejo toda a felicidade do mundo e o sorvete também.
Que sua boca nunca mais arda quando comer miojo de pimenta e que seu sorriso seja o melhor e o mais bonito pra sempre, como já é agora.
Querido, tenho que ir. O ônibus vai partir.
Não esquece de me desculpar, algum dia. E não esquece de cumprir a promessa e o juramento. Lembra dos dedinhos.
Eu te amo, eu acho.
Mas não da forma que eu e você precisamos.
Fica bem.
Não me abrace.
Vai dar tudo certo, acredita. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário