11 de dez de 2012

Sunshine kiss


- Como é?
- Como é o quê, Helena?
- Ah, você sabe. Aquilo que os adultos fazem quando estão apaixonados..
- Você quis dizer como é um beijo?
- É.. Isso que eu quero saber como é. Como é um beijo? Como é beijar? Como sabe se está fazendo certo?
- Bom, eu não sei como é um beijo também, nem como é beijar e muito menos como saber se está fazendo certo.
- Mas, Mário, eu quero saber.
- Le, por favor, você e muito menos eu temos idade pra saber uma coisa assim.
- Eu tenho sim, ok? Já tenho doze anos. D-O-Z-E.
- E eu treze. T-R-E-Z-E.
- Chato.
- Insuportável.
- Será que vamos nos ver depois que o verão acabar?
- Bom, eu não sei. Onde você mora?
- Longe daqui...  E você?
- Longe também.
- Ah... – Helena fechou o sorriso em seu rosto e se sentou perto da água. Sentia levemente a água do mar batendo em seus pés, quase sem força.
- Eu quero te ver sempre, Helena. Mas nós moramos longe um do outro. – Disse ele se sentando ao seu lado.
- Quando você vai embora?
- Amanhã. Minhas aulas começam mais cedo, esse ano.
- Então hoje é nosso último dia?
- Acho que sim.. Me desculpa! Eu quero ficar aqui com você.
- Eu também quero ficar aqui com você, mas logo logo também vou embora.
- O que vamos fazer?
- Não sei, não sei. Eu quero que você tenha algo meu, pra sempre se lembrar.
- Eu quero que você tenha algo meu também!
- Já sei.
- O quê?
- Me dá um beijo.
- Helena! Não! Não vou te dar um beijo.
- Mas eu quero.
- Por favor, eu nunca fiz isso. Eu não quero te desapontar.
- Eu também nunca fiz isso, Mário. Me desculpe, ok.
- Que horas você tem que voltar pra casa?
- Depois do pôr do sol. E você?
- Também..
- Tá chegando a hora, né?
- Sim. – Alguns segundos se passaram. -   Helena? Helena?
- Hmmm...
- Olha pra mim. – Ela virou o olhar para ele.
E eles se beijaram. Com pôr do sol e tudo.
Helena nunca se esqueceu.
Mário também não. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário