5 de jul de 2011

Sobre a espera

Espera.
Aquele verbo, aquela ação que te consome o cérebro e usa/abusa de toda a sua criatividade.
Aquela menina, esperava aquele menino à algum tempo. Então, aquela tal menina começou a imaginar possíveis motivos para aquele tal menino não aparecer. Ele podia ter morrido, a dor de cabeça podia ter se expandido, ele podia ter saído com os amigos, ele podia estar com outra. Claro, porque ela não havia pensado nessa possibilidade antes?
Em situações de espera como essa, o cérebro simplesmente não te permite pensar em opções boas, é como se fosse contra a sua lei, é como se fosse mais um motivo pra quando aquele menino aparecer, eles brigarem, a fim de que ela realmente saiba a verdade e que essa verdade seja o que ela tinha imaginado: Ele estava com outra.
Mulher é um bicho louco, adora inventar asneira. Por eu ser mulher, ter melhores amigas, ouvir seus medos, suas histórias sempre, que eu posso afirmar: Tudo que uma mulher puder transformar em erro masculino, elas transformam. Qualquer partida de futebol é afirmação de que ele tem outra ou que não a ama.
Talvez seja só carência. Mulher é eternamente carente, exatamente por isso homem tem que falar que a ama, que gosta dela toda hora. Tem que dar carinho, abraçar e principalmente: não pode mudar a rotina. Porque ai ela começa a pensar coisas erradas novamente, e é como se vivesse uma eterna espera: a de que ele cometa um erro.
Acontece que humanos são seres falhos, que erram. Logo, elas esperarem isso deles, é como uma bomba: as vezes leva algum tempo pra explodir, mas ela explode.
Eu poderia escrever até um pequeno manual de como agir com as mulheres, mas se você seguir a risca vai ser mais um bom motivo de afirmação.
Mulher é um bicho louco, mas quando se faz tudo certo, quando ela finalmente aprende a confiar plenamente, se torna a sua melhor amiga, sua companheira, sua amante.
E então, quando aquele menino chega, aquela menina abre um sorriso. Ela sabe que ele poderia estar com outra, doente, morto ou qualquer coisa, mas, agora, ele está com ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário